Treinamento e o desenvolvimento muscular no Futebol

Os jogadores de futebol dos tempos atuais estão se acostumando a uma rotina de treinamento físico para maximizar o desempenho em campo. Os grandes clubes investem em abordagens inovadoras para potencializar as explosões físicas dos atletas.

Um jogador de futebol, quando disputa uma partida, está exposto a cenários quase que inimagináveis de demanda no desempenho eficaz de seus músculos em todos os instantes do jogo.

futebol

Um jogador de futebol é um atleta quase completo!

O futebol é mundialmente reconhecido como um dos esportes mais populares do planeta, conquistando um número cada vez mais elevado de entusiastas. O nosso futebol, como é carinhosamente chamado no Brasil, é uma expressão dessa paixão nacional.

O condicionamento físico de um atleta do futebol é um fator importantíssimo para uma boa atuação em campo. O tempo de disputa em um jogo é de 90 minutos de intensa demanda na combinação de força física e bem estar em geral.

Apesar disso, alguns programas de força e condicionamento físico para a maioria dos jogadores de futebol são ultrapassados e negligenciados. Sem considerar o nível profissional, podemos dizer com segurança que muitos atletas e treinadores ainda se concentram no desenvolvimento de habilidades e treinamento de resistência, como corridas, por exemplo, e ignoram outros elementos importantes da fitness como:

  • Força e treinamento de condicionamento físico e massa muscular.
  • Velocidade e arranque.
  • Flexibilidade, aquecimento e alongamento, antes e depois.
  • Treinamento de agilidade
  • Nutrição.

Os atletas de outros esportes também populares como o hockey e o rugby, por exemplo, entendem a importância de um programa complementar de construção de massa e força muscular, normalmente nos períodos de férias das competições, para melhorar seus desempenhos em campo.

Contudo, parece que alguns jogadores de futebol não acreditam que elementos como a força física e o desenvolvimento da resistência são necessários para a prática do seu esporte. Isso não pode estar mais longe da verdade!

Resistência física no Futebol

Um programa fitness para os jogadores e futebol deve ser construído com o objetivo de desenvolver uma boa base aeróbica. Muitos estudos das demandas fisiológicas do futebol demonstraram que os jogadores dentro do campo podem caminhar e correr distâncias que variam entre 26 a 30 quilômetros durante uma única partida de 90 minutos.

Isso coloca uma demanda significativa no sistema cardiovascular do atleta e na sua resistência física. Por isso, muitos especialistas acreditam que este é um aspecto do treinamento que deve ser muito enfatizado no esporte.

Não é incomum ouvir que os jogadores de futebol correm pelo menos uma hora por vez, muitas vezes por semana, numa tentativa de melhorar o seu desempenho em campo. Entretanto, se analisarmos as necessidades específicas do esporte nos atletas, podemos perceber que eles estão, na realidade, sempre engajando em intensidades variadas de atividades para diferentes durações de tempo enquanto estão em campo disputando uma partida.

Eles correm, andam, aceleram, pulam alturas, contorcem, retorcem, flexionam, arrancam, saltam distâncias, arremessam e usam até os músculos do pescoço para cabecear a bola. Uma combinação incrível de atividades que se combinam para uma função especifica. Quase um atleta completo!

Conclusão

Quando consideramos a abrangência de atividades, seria ideal a incorporação de uma rotina completa em academias que incluísse a construção de massa muscular, aeróbica, pesos e velocidade, resistência física e músculos das pernas. Além de refeições saudáveis de alimentos oxigenadores e longas caminhadas ao ar livre.

Um atleta do futebol é completo quando adota uma dieta saudável, exercita o máximo possível e dorme o suficiente para a reposição celular. Longas noitadas e a ingestão de drogas e álcool danificam a coordenação cerebral e impedem uma carreira brilhante!

Deixe seu comentário