Por que é sempre melhor dormir do lado esquerdo

Dizem que a posição em que dormimos às vezes é condicionada pelo nosso modo de ser. Se o fazemos sozinhos, os especialistas dizem que a postura pode depender da natureza do nosso caráter. Sendo assim, as pessoas mais abertas tendem a dormir lateralmente, enquanto os mais fechados costumam dormir de barriga para cima.
Se dormirmos acompanhados, e estando bem apaixonados, a forma de dormir também pode ser um sinal que revela até algumas características muito definidas de um relacionamento.

Tal motivo explica por que às vezes não é fácil para nós mudarmos esse hábito. Isto é, apesar do fato de que certas posições, como dormindo com a barriga para baixo, são altamente contraindicadas porque afetam a posição natural das costas e dificultam a respiração. De todas as variantes, no entanto, existe uma especialmente recomendada.
Os especialistas concordam que há uma série de vantagens evidentes ao dormir lateralmente, na posição que tecnicamente conhecemos como decúbito lateral. Das duas opções possíveis, é especialmente saudável usar o lado esquerdo em vez do direito. Dos benefícios estudados, estes são os cinco mais destacados.

Por que é sempre melhor dormir do lado esquerdo

Previne a demência
Durante o sono, o sistema glinopático é responsável por limpar certos resíduos presentes no sistema nervoso, como os depósitos de beta-amiloide. Um estudo recente da Universidade de Stony Brook, publicado no Journal of Neuroscience, confirma que a posição de decúbito lateral é precisamente a mais eficiente para drenar esses resíduos nocivos da maneira mais eficiente.
Nosso estômago fica de forma mais natural, evitando o refluxo noturno no esôfago.
Conforme revelado por vários estudos apoiados pela Associação Internacional de Alzheimer, a boa qualidade do sono torna-se um fator vital na prevenção da doença. Aqueles que têm transtornos importantes, como a apneia obstrutiva, são continuamente interrompidos por esse processo de limpeza. A purga de toxinas também é mais intensa nos estágios do sono profundo, algo que esses pacientes às vezes não alcançam.

Melhora a digestão
Dormir sob o lado esquerdo pode ser melhor do que sob o lado direito, por mera questão de gravidade. Desse modo, dormir sob o lado esquerdo permite que os detritos digestivos sejam mais facilmente expelidos a partir do intestino grosso para o cólon.
Dormindo também sob o lado esquerdo, nosso estômago fica em uma posição mais natural, impedindo que à noite possamos acordar por causa de um refluxo irritante para o esôfago. As atividades do pâncreas podem também ser favorecidas pois esse órgão também se encontra desse lado.

Indicado durante a gravidez
Alguns médicos aconselham as mulheres grávidas a se deitarem sob o lado esquerdo devido aos benefícios para ela e para o feto. Parece que, com esta posição, aumenta a quantidade de sangue e nutrientes que vão efetivamente para a placenta.
Dormir com esta postura facilita a drenagem de certas substâncias prejudiciais ao sistema nervoso, como beta-amiloides.
As grávidas respiram melhor quando viradas para cima, uma vez que, por sua condição, os pulmões são menos comprimidos. Outros órgãos-chave também agradecerão por liberá-los do peso do feto, assim como o faz com o fígado.

Alivia problemas nas costas
As pessoas que sofrem de dor nas costas crônicas também podem obter alívio significativo se dormirem apoiadas sob o lado esquerdo. O motivo é tão simples quanto isso: com esta postura libera a coluna do peso corporal.
Se você não consegue evitar deitar de barriga para cima, a recomendação mais comum é usar um travesseiro particularmente baixo para favorecer a posição natural do corpo, ou removê-lo totalmente.

Bom para a saúde cardiovascular
Para todos aqueles que não são afetados pelos problemas das mulheres grávidas, a adoção da posição de decúbito lateral esquerdo liberta o coração de uma certa pressão, facilitando também a circulação. Ou seja, dessa forma, o sangue carregado de oxigênio deixa a artéria aorta e vai para todo o corpo antes de retornar ao órgão através da veia cava.

Deixe seu comentário